Bijuteria Artesanal e a Arte em Fimo.

31 março, 2007

Ideias para o Dia da Mãe/ Craft Ideas for Mother's Day




Porta-retratos: A base mede cerca de 3 cm e o "espeto" de arame uns 5, 5 cm.



Aqui está o meu 1º objecto para o Dia da Mãe. É um porta-retrato ou se quiserem também pode ser um pisa-papéis. Separei o arame com a molinha da peça em fimo apenas para poder fazer o scan. A impressão que dá é de que a mola é maior que a base. Mas não é! É apenas ilusão óptica, pois a mola mede cerca de metade da base em fimo :)

Colocando o arame no buraquinho que fiz a meio da base, torna-se num porta-retrato, mas se não o fizer, pode ser um pisa- papéis. Assim, dá para todos os gostos!

Penso que para o Dia da Mãe, devemos fazer coisas cujo custo seja mínimo, para as podermos vender também barato. Caso contrário, ninguém leva nada! Não se esqueçam que esse dia, tal como o Dia do Pai, Dia da Criança e outros equivalentes são dias inventados pelos comerciantes para venderem mais e não por nós. Evidentemente que todos compramos algo para oferecer ao pai, à mãe, à filha(o), algo que é muito conveniente principalmente aos shoppings. Porque não haveremos este ano de fazer a prenda deles, tal como fazem as crianças nas escolas aquilo que vão dar aos pais? Ao menos é algo único! Olhem que ainda guardo uma joaninha feita em massa pela minha filha quando ela tinha uns 6 anos(hoje tem 15). A joaninha é duns 5 cm de diâmetro e tem apenas uns buracos para encaixar canetas. Está toda torta e mal feita mas foi uma prenda querida e que me dá muito jeito:) Também que poderia eu exigir a uma criança de 6 anos? É pena que ela não tenha querido aperfeiçoar a arte. Foi ela que uma vez (já no 7º ano), me mostrou a massa Fimo, que eu nem conhecia! Fiquei logo impressionada, aliás fiquei doida mesmo, quando vi que ao mete-la no forno ficava dura e não partia! Pensei logo em fazer os meus colares com aquela massa. Claro que fiz N porcarias... Fiz coisas que até tenho vergonha :) As primeiras vezes limitava-me a juntar massas de cores diferentes e fazer uma bola e um furo. Mas li milhares(para não dizer milhões) de sites sobre o fimo e tutoriais passo a passo( e continuo a ler). Vi que era possível fazer com fimo coisas inacreditáveis. Quando me deu para fazer animais em fimo e tentei fazer o meu 1º galo, saiu-me um pintainho, quando tentei um cão, saiu-me um urso, mas qual o problema? Bastou-me treinar o fimo. Eu digo o fimo e não as mãos, porque acho que o fimo é que tem que se "habituar" a ser trabalhado por nós e a "vergar" da forma que nós queremos. Agora, nós temos que o conhecer, pois de acordo com a cor e textura, o fimo tem diferente maleabilidade. O Fimo translúcido é diferente do fimo opaco. Um é mais macio que outro. Quanto mais macio mais fácil de trabalhar, mas também é mais fácil de nele deixar uma dedada. Quanto mais amassado melhor. Os brasileiros utilizam muito a porcelana fria(Biscuit) e costumam dizer, quanto mais "sovada" a massa, tanto melhor. O fimo é a mesma coisa, tem que levar uns valentes amassos até ficar tão macio como massa tenra :)

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home